Peso Argentino Hoje

Faça a conversão da moeda Peso para Real!

ARS
BRL
* Cotação: Peso

Ao viajar para a Argentina devo levar pesos ou dólares?

No caso da Argentina, bem como de alguns países emergentes, o analisável é o quanto a moeda interna costuma variar (para baixo). Isto porque se é uma moeda muito instável (confira a variação do peso argentino no gráfico ao lado), o turista acaba perdendo dinheiro.

De qualquer maneira, é sempre bom ter um pouco de dinheiro vivo em moeda local, pois existem estabelecimentos que não aceitam moedas estrangeiras, como o dólar, por exemplo. Seja como for, é mais seguro sim levar dólares (e um pouco de peso argentino) pois a moeda americana é mais estável.

Tabela de cotação do Peso
Dia Compra Máxima Mínima Variação
21/05 R$ 0,0901 R$ 0 R$ 0 0.661% trending_down
20/05 R$ 0,0906 R$ 0,0906 R$ 0,0906 0.439% trending_down
17/05 R$ 0,091 R$ 0 R$ 0 0.662% trending_up
16/05 R$ 0,0903 R$ 0 R$ 0 1.684% trending_up
15/05 R$ 0,0888 R$ 0 R$ 0 0.678% trending_up
14/05 R$ 0,0884 R$ 0,0885 R$ 0,0884 0.113% trending_down
13/05 R$ 0,0884 R$ 0,0884 R$ 0,0883 0.113% trending_up

Como turista, posso pagar com reais na Argentina?

Sim. Na Argentina, apesar da variação da moeda (vide quadro ao lado), a maioria dos estabelecimentos aceitam pesos argentinos, reais e dólares. Você só precisa ficar atento mesmo às quedas ou elevações da moeda local, caso pretenda levar os pesos argentinos.

Se levar dólares ou reais, pode ficar tranquilo, só não exagere no valor. A Argentina no quesito segurança, de um modo geral, é muito parecida com o Brasil e, portanto, não é conveniente transitar nas ruas da capital, por exemplo, com altas somas em dinheiro vivo. Fique atento!

Saiba mais sobre os pesos argentinos

Recomendações do tipo “cuidado ao carregar muito dinheiro, mãos leves, não ostente câmeras, celulares, etc., nas ruas”, entre outras sinalizações é o que você vai ouvir muito ao colocar os pés na Argentina.

Mas o país, quando se fala em segurança, é muito parecido com o Brasil e, portanto, não há novidade alguma. Seja como for, em qualquer país que você viaje, nunca é recomendável ostentar câmeras e equipamentos eletrônicos de qualquer tipo ou carregar altas somas em dinheiro vivo nas ruas, principalmente de noite.

Isto é dar “sorte ao azar”.

Quando nossa moeda estava mais valorizada, a resposta à pergunta acima seria de pronto “levar reais”, afinal, você não teria que pagar absolutamente taxa alguma cambial: era sacar o seu dinheiro normalmente no banco e viajar para Buenos Aires, simples assim.

No entanto, considerando as desvalorizações do real, atualmente é mais vantajoso levar dólares que é bem aceito no país, turisticamente falando, e é uma moeda estável.

No mais, leve um pouco de pesos argentinos, para eventuais emergências, como pagar alguma coisa em lugares que não aceitam dólares, por exemplo, e esqueça-se dos reais.

Usar ou não usar o cartão de crédito internacional quando se viaja? Esta pergunta é muito comum e as pessoas a fazem por terem dúvidas se é melhor pagar as taxas cambiais e levar só dinheiro ou deixar tudo pra depois, pagando a fatura do cartão de crédito.

Mas não se engane: na Argentina, você vai pagar normalmente a variação do peso argentino, frente ao real, mais o IOF, independentemente do Brasil e da Argentina terem acordos comerciais, como o Mercosul, por exemplo. Assim, o cartão de crédito, sugestivamente, deve ser usado sempre em emergências.