Peso Chileno Hoje

Peso Chileno Hoje - Cotação e gráfico em tempo real

O que você procura?

card_travel

Comprar Peso Chileno

Se vai viajar e/ou precisa trocar Real por Peso Chileno!

attach_money

Investir em Peso Chileno

Invista no mercado financeiro de moedas!

chrome_reader_mode

Aprender a investir em Peso Chileno

Aprenda a investir no mercado financeiro de moedas!

compare_arrows

Conversor de moeda

Converta qualquer valor e saiba quanto custa em Real!

Acessar
equalizer

Gráfico em tempo real

Visualize a variação da moeda de forma simples!

Acessar
grid_on

Tabela de cotação

Variações da moeda em uma tabela completa!

Acessar
settings_voice

Notícias Peso Chileno

Veja as notícias mais recentes sobre a moeda!

Acessar

Selecione outra moeda:

search

Converter Peso Chileno para Real

Faça a conversão da moeda Peso Chileno para Real!

CLP
BRL
* Cotação: Peso Chileno

Ao viajar para o Chile devo levar pesos chilenos?

O melhor mesmo é você levar reais e trocá-los por uma certa quantidade de pesos chilenos no próprio aeroporto, quando chegar lá. Mesmo considerando a variação da moeda (confira no gráfico ao lado), aqui no Brasil existem muitas falsificações de pesos chilenos e, por este motivo, é melhor comprar por lá.

No Chile, existe estabelecimentos que inclusive aceitam reais, dólares, etc., mas não são muitos. Preferem mesmo os pesos chilenos. Mas, como de praxe, é sempre mais seguro ter uma certa quantia em moeda corrente do país ao qual se está visitando.

Tabela de cotação do Peso Chileno
Dia Compra Máxima Mínima Variação
16/09 R$ 0,0058 R$ 0,0058 R$ 0,0058 0% trending_up
13/09 R$ 0,0058 R$ 0,0058 R$ 0,0058 1.754% trending_up
12/09 R$ 0,0057 R$ 0,0057 R$ 0,0057 0% trending_up
11/09 R$ 0,0057 R$ 0,0057 R$ 0,0057 0% trending_up
10/09 R$ 0,0058 R$ 0,0058 R$ 0,0058 0% trending_up
09/09 R$ 0,0057 R$ 0,0057 R$ 0,0057 0% trending_up
06/09 R$ 0,0057 R$ 0,0057 R$ 0,0057 0% trending_up

O peso chileno vale mais que o real?

O real vale mais que os pesos chilenos, mas, como já dito, os reais não são bem aceitos no Chile. A moeda chilena, no entanto, foi bem valorizada nos últimos anos, bem em sentido contrário à moeda brasileira e argentina, por exemplo.

Isto se deve principalmente pelo turismo, pois boa parte de sua economia é baseada na produção e exportação do cobre. Sua indústria é relativamente fraca, ou seja, o Chile precisa importar muitos produtos, mais do que exporta e, para agravar, seus recursos energéticos também são bem limitados.

No quadro ao lado, você pode verificar a variação do peso chileno.

Notícias recentes sobre Peso Chileno

Saiba mais sobre o peso chileno

Sim, mas você só deve adquiri-los em casas de câmbio, agências de turismo, bancos e instituições financeiras confiáveis e devidamente autorizadas para pelo Banco Central do Brasil a comercializar a moeda. Isto porque, recentemente, houveram registros de venda de pesos chilenos falsificados.

Claro que falsificação de moeda não é exclusividade dos pesos chilenos, mas é bom tomar cuidado. No mais, se a quantia não for grande, prefira comprar direto nos aeroportos chilenos, pois é mais seguro. Não são todos os lugares que aceitam o real por lá. Fique atento quanto a isto!

O Chile é sem dúvida alguma um dos destinos turísticos e de compras mais procurados pelos brasileiros. Os preços praticados por lá, sejam de eletrônicos, vestuário, bebidas, etc., em geral, são super atraentes para nós brasileiros.

No entanto, se o que você estiver comprando for de um valor maior, como no caso de alguns eletrônicos, por exemplo, prefira sempre pagar com cartão de crédito pois, além da conveniência, a variação da moeda não é tão grande e, apesar da incidência do IOF, torna-se ainda vantajoso comprar com cartão de crédito.

Sim, existem muitos. Consulte seu banco a respeito, mas, em geral, estes saques são realizados sempre com cartões de crédito com bandeira internacional. Em Santiago do Chile, por exemplo, é muito fácil encontrar caixas, principalmente no centro e em bairros que sejam turísticos.

Lembre-se apenas de observar possíveis taxas de conversão e interbancárias, pois estas podem ser maiores ou menores, conforme a instituição bancária. Faça estas consultas junto ao seu banco com antecedência, para não passar apuros por lá.

Em algumas situações, pode até ser mais vantajoso pagar com cartão de crédito (pagando IOF) do que sacar dinheiro.